Manual do Paciente

• Febre (temperatura igual ou maior que 37,8);
• Tremores e suores;
• Falta de ar;
• Dor torácica de início súbito ou recente;
• Convulsões ou confusão mental;
• Dor intensa que não controla com as medicações em uso;
• Diminuição de força nas pernas ou dificuldade de andar de aparecimento recente;
• Náuseas e vômitos que não consiga ingerir alimentos ou líquidos;
• Diarreia com mais de 4 episódios em 24 hs;
• Sangramentos;
• Aparecimento de manchas avermelhadas ou roxas na pele;
• Problemas com cateter: dor, inchaço, vermelhidão ou secreção;
• Inchaço no rosto de início súbito.

Orientações
nutricionais

Preferir

• Consumir diariamente de 3 a 5 porções de frutas de preferências variadas e 5 porções de saladas e legumes nas refeições além do consumo de leguminosas como (feijão, soja, grão de bico e lentilha).

• Sempre higienizar frutas, legumes e verduras que serão consumidos crús com Hipoclorito (seguindo orientação do fabricante no rótulo).

• Dar preferência para alimentos integrais como arroz, macarrão, pães e biscoitos.

• Realizar refeições fracionadas a cada 3 horas (Café da manhã, almoço e jantar e entre elas um lanchinho).

• Consumir o máximo de água possível, em torno de 2 litros ao dia (exceção aos casos de restrição médica).

• Consumir diariamente fontes de proteína: ovos, cogumelos e quinoua.

• Consumir se possível, diariamente, 2 colheres de sopa de aveia e 1 colher de sopa de linhaça e 1 colher de sopa de chia.

Evitar

• Probióticos tipo lactobacillus vivos como Yakult, iogurte Activia, kefir, etc.

• Temperos industrializados como Sazon, Knnor, tempero de miojo, molho para salada, preferir somente os naturais como cebola, alho, salsinha e orégano.

• Fitoterápicos (medicamentos a base de ervas)- somente sob prescrição médica.

• Chás de ervas alternativas (ex: chá de folha de graviola), sempre consultar profissional de saúde antes do início do consumo.

• Alimentos processados e ultraprocessados como salgadinhos chips, salgados fritos e assados como coxinha.

• Alimentos ricos em açúcares, ricos em gorduras e carnes processadas como: salsicha, linguiça, presunto, mortadela, bacon e produtos defumados.

CUIDADOS COM A CAVIDADE ORAL

• Realizar a higiene oral regularmente com escova de cerdas macias;

• Utilize antisséptico sem álcool;

• Mantenho os lábios hidratados;

• Realize bochecho diluindo uma colher de café de bicarbonato de sódio em um copo de água;

• Caso a boca estiver sensível, de preferências para alimentos pastosos em temperatura ambiente;

• Evite alimentos ácidos;

• Informe sempre o médico ou enfermeiro se estiver sentindo dor ou ardência na boca.

CUIDADOS COM A PELE

• Evite banhos quentes e prolongados, especialmente em uso de bombas de medicamentos;

• Hidrate a pele com hidrante neutro;

• Evite o uso de esponjas para tomar banho;

• Use protetor solar diariamente.

Orientações
farmacêuticas

• Informe ao médico (a), enfermeiro (a) ou farmacêutico (a) sobre o uso de medicamentos domiciliar ou quando houver trocas destes;

• Ingerir todos os medicamentos com ÁGUA, a ingestão com qualquer outro líquido pode resultar em perda de eficácia do medicamento;

• Antes da aplicação de medicamentos, salinizações e heparinizações de cateteres, fazer uso dos medicamentos domiciliar respeitando os horários de administração, quando houver;

• Para os medicamentos via oral fornecido pelo Instituto Hemomed, fazer uso conforme o Guia de Orientação de Medicamento Via Oral entregue no momento da dispensação e qualquer dúvida entrar em contato a enfermagem ou a farmácia;

• Guarde os medicamentos nas caixas originais e não misture produtos diferentes na mesma embalagem;

• Informe ao médico (a), enfermeiro (a) farmacêutico (a) ou nutricionista sobre o uso de medicamentos manipulados, fitoterápicos, chás, infusões e suplementos;

• Não use medicamentos indicados por amigos ou familiares, pois eles não saberão identificar riscos e contraindicações. Misturar medicamentos sem orientação pode resultar em perda de eficácia ou intoxicações;

• Jamais forneça o seu medicamento a familiares/conhecidos que possam ter o mesmo diagnóstico. Todo tratamento é prescrito de acordo com as características individuais de cada paciente;

• Para fazer o descarte adequado das embalagens que têm contato com o medicamento ou até mesmo medicamentos vencidos localize um ponto de coleta (farmácias, unidades básicas de saúde) caso não encontre um perto de você, procure a Vigilância Sanitária.

• Em caso de dúvidas entre em contato com um farmacêutico através do e-mail: apoio.farmacia@hemomed.com.br. Não fique com dúvidas!

O diagnóstico de câncer e todo o processo do tratamento faz com que o paciente e sua família entre em contato com sentimentos de angústia, ansiedade, tristeza entre outros que geram um sofrimento emocional. Leia abaixo algumas orientações sobre o assunto.

• Não se sinta sozinho em relação aos seus sentimentos, procure ajuda psicológica para falar sobre seus medos e sofrimentos;

• Busque facilitar uma boa comunicação com seus familiares pois são personagens fundamentais para auxiliar seu tratamento;

• Procure uma postura positiva diante de sua saúde;

• Mantenha interação social;

• Adquira novos hábitos que promovam qualidade de vida;

• Discuta e esclareça com a equipe todas as dúvidas quanto ao tratamento e lembre-se que a confiança na equipe faz parte para o sucesso do tratamento.