Durante o tratamento do câncer, cerca de 70% dos pacientes apresentam queda de energia e têm sua performance física prejudicada. Para manter a qualidade de vida dos doentes e inseri-los mais rapidamente em suas atividades diárias, o trabalho da equipe de fisioterapia é imprescindível.

A fisioterapia oncológica pode ser empregada tanto no período pré-operatório quanto no pós-operatório e auxilia também na minimização de reações causadas pela quimioterapia e pela radioterapia. Ela tem como objetivo preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade funcional de órgãos e sistemas do paciente, assim como prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico.